#029 Métodos científicos, argumentos e bolachas

Reproduzir
Alô, alô! Como o conhecimento científico é construído? Quais métodos costumam ser utilizados? Eles variam de pesquisa para pesquisa ou existe uma fórmula de como fazer Ciência?
Neste episódio Camila, Caramelo, Gollum e Marx recebem Renata Orofino e conversam sobre qual o papel da argumentação na Ciência e quais os diferentes métodos utilizados para construir o conhecimento científico.

Comentários, críticas, sugestões? Email: contato@alociencia.com.br

facebook.com/alociencia | twitter.com/alociencia | instagram.com/alociencia | youtube.com/alociencia

Não esqueça de também enviar seu áudio para participar do nosso programa: Whatsapp/Telegram: (11) 94887-0901

 

Referências deste programa e materiais úteis:

  1. Livro: O que é Ciência, afinal? de Alan F. Chalmers (Brasiliense, 1995)
  2. Filosofia da Ciência, na Wikipédia
  3. Falseabilidade, na Wikipédia

 

Disco de Ouro

  • Camila: Dia do Coringa (Jostein Gaarder, 1990)
  • Caramelo: Vá para Chapecó usando o voo da Avianca que passa por Floripa. A escala significa ganhar dois lanches.
  • Gollum: Alice no País dos Enigmas: incríveis problemas lógicos no País das Maravilhas (Raymond Smullyan, 2003)
  • Marx: Contato (Carl Sagan, 1985)
  • Renata: Platão e um Ornitorrinco Entram Num Bar… – A Filosofia Explicada com Senso de Humor (Tom Cathcart e Daniel Klein, 2008)

Arte da vitrine:  Lucas Andrade

 

Informações

Confira nosso primeiro vídeo: Por que marcham os cientistas? https://youtu.be/4Ej4efuJ_VE 

 

Agradecimentos

Renata Orofino pela presença, equipe de Audiovisual do IB-USP pelo suporte técnico e nossas colaboradoras: Adauto Furlanetti, Alessandra Lupi, Aline Macedo, Bruno Budin, Cássio José Barbosa, Carol Mendonça, Cristiano Costa, Enia Trovó, Felipe Arnoni, Giovana Dell, Gisele Oda, Henrique Kurosaki, Jeanne Ferreira, Kyoshi Beraldo, Leandro Santos, Leonardo Capeleto de Andrade, Marília Freitas, Masashi Inoue, Mayra Sato, Natalia Mattos, Renata Araújo, Renato Gama, Rodrigo Taira, Thamiris Dornelas e Werther Krohling.